108SP GRUPO ESCOTEIRO JABUTI | Escoteiros do Brasil | São Paulo

GRUPO ESCOTEIRO JABUTI | Escoteiros do Brasil | São Paulo

INFORMAÇÕES GERAIS

Castores_03

Todo nosso material está a disposição de quem queira trabalhar com Colônias.
Esse material foi disponibilizado pela chefe Carmen Ligia Nobre Lemos (Chefe Malak). Caso queira entre em contato com a chefe Carmen pelo email carmenligianl@gmail.com

Castores no Brasil

Desde a década de 80, alguns Grupos pioneiros, no Brasil, vêm discutindo a necessidade de um programa para atender crianças com menos de 7 anos de idade, – os irmãos mais novos dos jovens escoteiros. Em 1984, o Grupo Paineiras, São Paulo, decidiu realizar atividades com essas crianças, explorando e testando um programa, em caráter provisório, tendo emprestado o nome de Castor, do programa do Canadá, e baseando-se nas atividades do Tiger Cubs Family Activity Book (Boy Scouts of America).

Após um período experimental, sentindo a necessidade de incrementar o programa e aprofundar-se nas características do novo Ramo, as atividades com as crianças foram suspensas. Passou-se, então, entre 1985 e 1986, por um período de intenso trabalho de pesquisa, importando-se diversos tipos de materiais dos EUA e Canadá. Esse estudo mais profundo forneceu o embasamento para a tradução e elaboração do Manual do Grande Castor, destinado à orientação básica para se realizar as atividades com as crianças e servindo de apoio aos líderes da Colônia. Esse Manual é mais do que uma tradução ou adaptação. Ele foi elaborado dentro de parâmetros inspirados nos Princípios e Métodos Escoteiros praticados em nosso país. Além disso, leva em consideração as características de nossas crianças, segundo orientação e coordenação de diversos especialistas da área (pedagogos, psicólogos, pediatras e, principalmente, escotistas experientes em educação infantil) que participaram da elaboração dos fundamentos do Ramo Castor.

Em Abril de 1987, o Paineiras, contando com a experiência anterior – agora bem mais fundamentada -, reiniciou o trabalho com crianças de 5 a 7 anos, abrindo, então, a primeira Colônia de Castor do Brasil. Após um ano de boas atividades, parte do “Grupo de Estudos sobre o Ramo Castor”, transferiu-se para o Grupo Jabuti, SP – criando, assim mais um Colônia de Castor, em Novembro de 1988.

Há 13 anos estamos realizando um trabalho seríssimo com as crianças, obtendo excelentes resultados, não só no que diz respeito à prontidão para o ingresso no Ramo Lobo, como também, e principalmente, estamos formando jovens dentro do verdadeiro Espírito Escoteiro. Nossa experiência demonstra que o jovem que inicia sua experiência educacional no Ramo Castor, permanece por mais tempo no movimento. Além disso, importa muito mais a qualidade desse jovem formado pelo movimento desde a mais tenra idade. Hoje, em nosso Grupo, boa parte dos Lobos da Alcatéia pertenceu ao Castorismo, como também, diversos Escoteiros e Escoteiras; já temos até mesmo Seniors e Pioneiros que foram ex-Castores, no período inicial dos trabalhos experimentais e, em breve, esperamos contar com chefes atuando no Movimento que foram iniciados nos princípios filosóficos do escotismo pelo Ramo Castor.

Em 1997, ampliamos a área de ação com a reabertura da Colônia do Grupo Paineiras (berço gerador dos Castores) e, em Junho de 1997, tivemos o prazer de contar com a abertura da Colônia do Grupo São Paulo, 1 – SP – através dos esforços da estimada Edna. Em 1998, conquistamos mais adeptos: Marcelino Champagnat, por iniciativa de Beth e Tatiana; São Francisco de Assis, com Dirce e Flávia; Piratininga Amicitiae, com Pina e Rodolfo; Boigy, pelo trabalho de Kelly; Indaiá, pela Juliana e Marlene; e Coopercotia, com a colaboração de André e Patrícia. Todos vêem se esforçando para realizar um trabalho de primeira.

E a expansão do Ramo continua. Este ano de 1999, tivemos o prazer de incorporar ao nosso quadro, as Colônias do Tacaúnas / SP, Kaoquira / SP, Baltazar Fernandes / Sorocaba e Utu-Guaçu / Sorocaba. Aos novos castorzinhos, nosso Bravo, Bravíssimo, e aos seus chefes, que tenham muita fé, força e coragem neste novo empreendimento.

Esperamos, assim, estar colaborando com o engrandecimento do Escotismo em nosso país, não permitindo que ele fique defasado com relação ao primeiro mundo, que já contam com um Ramo para essa faixa etária. Podemos seguir o exemplo de diversos países que desenvolvem programas especiais para essa faixa etária, seja com o nome de Castor – baseando-se no modus vivendi do animal -, seja com outra denominação, como: Austrália (Joey), Canadá, China (Pré Cubs), Dinamarca (Micro-Scout), Espanha, EUA (Tigers), Guatemala, Holanda, Irlanda, Itália, Japão, Líbano, México, Nova Zelândia (Keas), Reino Unido, Suécia, Peru, além de outros.

Links

CANADÁ
1′st Bayview Hills Jones Beaver Colony
1st King Scouts
15th Burlington Beaver Colony
A Canadian Scouter’s Notebook – Colony Information
Colony Information
Great Western Beaveree
Scouts Canada – 25th Red Deer Family Group
St James Beaver Colony
The Beaver Canada Site
The Beaver a Canadian Symbol
The Beaver Leaders’ Handbook (1977)
The Eager Beaver
The Grande-dent beavers colony, Saguenay district
Scouts Canada Quebec Council
USSSP: Scout Oaths, Promises, Mottos, and Slogans

ITÁLIA
Associazione Italiana Castorini
Associazione Italiana Castorini – La diga d’oro"

INGLATERRA
ScoutBase UK: Beaver Scout
1st Nunthorpe Scout Group
Appleton Beavers
Beavers Scout 16 Westbourne
ScoutBase UK – Advice on Beaver Scouts
ScoutBase UK – Beaver Scout Activities
ScoutBase UK – Search!
Encontro das Colônias (Dique) do Distrito Kyle em 1997

DIVERSOS
Beavers – descrição sobre o animal
BEAVER – ficha técnica sobre o animal
Beaver – características do animal e fotos
Getting Started – Ideas for Keeo & Kim
Mammas – beavers – sobre o animal
Nebraska Wildlife – Beavers – habitat, alimentação e importância

INTERNACIONAL
The Link – Beavers, Joeys & Tiger Cubs
Rede Mundial sobre Castores
http://www.us.scout.org

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.3/10 (3 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votes)
INFORMAÇÕES GERAIS, 8.3 out of 10 based on 3 ratings